Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

“Vingadores: Ultimato” bate recorde de arrecadação no primeiro final de semana com US$ 1 bilhão

O último lançamento do universo Marvel, “Vingadores: Ultimato”, bateu a arrecadação de 1.2 bilhões de dólares no primeiro final de semana de exibição! A arrecadação colocou o longa na 18ª posição das melhores bilheterias dos últimos tempos, e a 6ª maior entre os filmes da companhia.

Só nos Estados Unidos e Canadá, o longa gerou uma receita de 350 milhões de dólares em apenas três dias! Segundo a Vulture, as expectativas inciais era de que o filme lucrasse 260 milhões na América do Norte, subindo para 340 milhões após a estreia. Projeções atuais, apontam que, mundialmente, a produção possa ultrapassar até mesmo “Avatar”, que atualmente possui a maior bilheteria de todos os tempos.

Esses números colocam “Ultimato” como o maior arrecadador de bilheteria no final de semana de estreia, superando “Guerra Infinita”, que possuía a marca de 258 milhões de dólares. Acho que passou só um pouquinho, né?!

“Eu colocaria isso no panteão dos eventos culturais”, disse o analista sênior Paul Dergarabedian da Comscore, empresa americana que faz análises de mídia e internet. “Para ‘Vingadores: Ultimato’, tem uma eletricidade no ar que você não costuma ver fora de alguns eventos esportivos, ou, digamos, um show dos Rolling Stones. É inacreditável como esse filme tem ressoado. […] Marvel tocou a nota certa.”

Uau! Isso sim é sucesso.

“Vingadores: Ultimato” teve seu lançamento na ultima quinta-feira (25) nos cinemas brasileiros. Você já foi assistir?

 

📻http://radiopositivaweb.com.br🎧

Você sabia que a Radio Positiva também está no Instagram e Facebook? Fique por dentro de noticias exclusivas!

👍Curta a página da Rádio Positiva ➡ bit.ly/2GX6kFO
Siga no Instagram ➡ http://bit.ly/2V9lVq2
App Positiva para iOS ➡ https://apple.co/2U9jU0r
App Positiva para Android ➡ http://bit.ly/androidpositiva
App Positiva para Windows 10 ➡http://bit.ly/2Uh9XK
 

Fonte/Reprodução

Deixe seu comentário: